Compre o Livro e Árvore Genealogica

Confira abaixo todas informações sobre o livro.

Valor do Livro: R$ 500,00 + taxas de envio.
Valor da Árvore Genealógica: R$ 111,00 + taxas de envio.
Formas de pagamento: Cartão de Crédito, Boleto Bancário, Transferência Online e Depósito Bancário.
Parcelamento: Até em 18x com juros.
Entrega
: Verifique informações ao finalizar a compra.

Todo processo de compra é realizado através da plataforma de pagamentos PagSeguro

Dados técnicos:

Editora: Família Junqueira
Ano: 2004
Edição: Primeira
Número de volumes: 05
Número Total aproximado de páginas: 2.150
Material de capa: capa flexível 4x0 papel Supremo Alta Alvura LD 250g
Material do conteúdo: papel Chamois Bulk LD Folha 90grs
Acabamento: A coleção é vendida em uma Luva de papel Reciclato LDF 180 g, com laminação fosca na frente

Sinopse do Livro

Sinopse Completa

Este livro traz a maior e mais completa compilação de dados genealógicos de uma única família brasileira: a Família Junqueira, que teve como seu Patriarca João Francisco Junqueira. Fruto de um trabalho iniciado em 1991, as pesquisas aqui apresentadas traçam não só um perfil genealógico da Família Junqueira, mas também sua importante inserção na história e no desenvolvimento do país.

FAMÍLIA JUNQUEIRA: SUA HISTÓRIA E GENEALOGIA segue a estrutura básica de velhas anotações familiares (de José Olyntho Fortes Junqueira, o Zezico, e de Haroldo Monteiro Junqueira) que culminaram no importantíssimo trabalho do Dr. Frederico de Barros Brotero. Além disso, foram conduzidas pesquisas em fóruns, cartórios e igrejas, tanto no Brasil quanto em Portugal, o que possibilitou a descoberta de novos ramos.

Durante o processo de coleta de dados foram distribuídos cerca de 45.000 “questionários-ficha” em todo o Brasil e também no exterior, resultando no cadastro de mais de 100.000 Junqueiras vinculados ou descendentes do casal João Francisco Junqueira e Elena Maria do Espírito Santo – os Patriarcas da Família Junqueira. O trabalho conta também com um site, onde o internauta pode fazer consultas, cadastrar e enviar dados atualizados sobre sua ascendência ou descendência.

A vinda ao Brasil:

O documento mais antigo, de que temos posse, ligado à Família Junqueira, é a certidão de casamento de um tetravô do Patriarca, Domingos Fernandes, datada de 1598. A partir dessa data, dispomos de inúmeros documentos (certidões de batismo, casamento e óbito, inventários, etc.) pelos quais nos foi possível traçar a trajetória dos Junqueiras desde Portugal até os dias atuais no Brasil. João Francisco Junqueira, o Patriarca, deixou a sua terra natal – São Simão da Junqueira, em Portugal – e veio para o Brasil por volta de 1750, quando contava pouco mais, pouco menos de 20 anos. Não se sabe ao certo o porque de sua vinda, mas ela provavelmente foi motivada pela busca de melhores condições de vida que a Colônia oferecia – principalmente pela possibilidade de enriquecimento rápido com a mineração de ouro, na Província de Minas Gerais

João Francisco casou-se com Elena Maria do Espirito Santo, em 16 de janeiro de 1758, em São João del-Rei-MG. Estabeleceu-se no Sul de Minas Gerais, na Comarca de Carrancas, onde lhe foi concedida a sesmaria do Campo Alegre, em 5 de abril de 1769. Ali criou os seus filhos, dos quais seis chegaram à maioridade. Deles descendem a grande maioria dos Junqueiras no Brasil. Elena Maria do Espirito Santo, natural de São João del-Rei-MG, era descendente de Antônia da Graça, uma das ilustres “Três Ilhoas”, originárias da Ilha do Fayal, em Portugal – que deram origem à maioria dos velhos troncos mineiros, tais como: Meirelles, Villela, Figueiredo, Rezende, Andrade, Franco, Ribeiro, entre outros.

O Livro e a história


Diversos fatos e acontecimentos históricos brasileiros, os quais estão ligados à Família Junqueira, são descritos no livro.

O Levante da Bella Cruz – a história sobre a insurreição dos escravos na Fazenda Campo Alegre e Bella Cruz, da qual resultou o morticínio de todos os brancos presentes na Fazenda Bella Cruz, aos 13 de maio de 1833 – exatamente 55 anos antes da proclamação da abolição da escravidão, em 1888.

A Revolução Constitucionalista de 1932 – a participação dos Junqueiras, importantes figuras políticas da época. Ela foi crucial nos desdobramentos e conseqüências históricas, econômicas e sociais do Brasil.

Revolução Liberal de 1842 – a participação de Gabriel Francisco Junqueira, o Barão de Alfenas, que comandou a revolta na região de Baependi-MG.

A História do Cavalo Mangalarga – a origem e desenvolvimento do Mangalarga está intimamente ligada à Família Junqueira, mais particularmente ao Barão de Alfenas, que deu início ao aprimoramento e à seleção dessa raça de cavalos genuinamente brasileira e reconhecida mundialmente.

A Sesmaria da Campo Alegre – João Francisco requereu a Sesmaria da Campo Alegre, que lhe foi concedida em 5 de abril de 1769. Lá fundou a Fazenda Campo Alegre, onde residiu com sua família durante toda a vida.

Fazendas – as principais fazendas onde viveram os Junqueiras e sua importância histórica no desenvolvimento da região em que se encontravam estão descritas no livro, que traz inclusive fotos atuais de suas sedes.

Documentos originais – vários documentos estão transcritos no livro, dando não apenas credibilidade aos dados coletados, mas também enriquecendo a obra pois trazem aspectos históricos, econômicos e sociais do dia-a-dia dos nossos antepassados.

Clique abaixo para comprar

Livro - A Família Junqueira

5 Volumes
R$500,00
  • Adquira o livro completo com os 5 volumes

Árvore Genealógica

Impresso
R$111,00
  • Impresso com as quatro primeiras gerações da família